Entrevista

Ghost-writers sempre existiram, mas antigamente era proibido se falar
a respeito, quase um tabu. Embora grandes escritores tenham se dedicado
a essa atividade como meio de sobrevivência, como Clarice Lispector e
Autran Dourado, por exemplo, eles nunca puderam admiti-lo publicamente.

Com o incremento do mercado editorial, mais personalidades passaram
a ser convidadas a escrever seus livros, mas elas nem sempre têm
tempo ou habilidade para fazê-lo, e precisam de ajuda, o que levou o
trabalho do ghost ser cada vez mais valorizado e reconhecido.

Quer saber como isso funciona? Aqui a entrevista que dei para o
programa “Opinião Livre”, da TV Unip (Canal Univesitário) que foi ao ar
na semana passada. Nele, a simpática apresentadora Silvia Vinhas me faz
as perguntas que muita gente gostaria de fazer.

 

Anúncios

5 respostas em “Entrevista

  1. Sucesso no novo blogue e no “assumir-se” Nanete Neves, escritora de ficção e não-ficção!!! Assisti a entrevista quando passou na TV e gostei – fiz até anotações!!
    Abraços!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s