Memórias que podem virar livro

memória - fotos+vaso+câmera

Sabe aquele cheiro, aquela música, uma ventania, um sabor, que te remetem a um outro tempo? Isso pode virar livro! Aqui o meu novo curso presencial voltado para o gênero Memória, na Casa Tombada. Inscrições abertas, começa em 3/abril.  https://acasatombada.com.br/vidas-em-livro/

Curso livre, de férias

Desta vez, meu curso “Vidas em livro – Biografias & Memórias” em formato compacto, perfeito para quem é de fora de Sampa ou estiver de férias em junho, de 16 a 20.  Para todos aqueles que têm o sonho de escrever sua própria história, a de outra pessoa, de sua cidade, empresa etc.  Inscrições abertas.

Escola de Belas Artes SP

 

A lua como vela

O princípio

Citar

Imagem

“Há um terrível momento para muitas almas, quando as grandes alterações do mundo, os mais amplos destinos da humanidade, que repousavam indiferentes nos jornais e outras leituras negligenciadas, entram como um terremoto em suas próprias vidas (…)”

A frase é de George Eliot (1819-1880), escritora inglesa que começou a escrever tardiamente, aos 40, e de tanta importância que é comparada a Virginia Wolf, Carlyle e Dickens. Foi considerada A Voz de um Século. Infelizmente pouco conhecida por aqui, temos apenas traduzido para o português o seu romance Daniel Deronda. 

Essa frase bem poderia ter sido escrita por mim.